Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




por Vânia, em 27.04.08

Fim de Semana

No 25 de Abril, aproveitamos que estavamos de folga e fomos dar uma volta com os meus pais. Saímos de casa por volta das 10h30 e fomos direitinhos à Guia, mais exactamente à Conforama. Há uns dias tinham-nos enviado um cheque para gastarmos e não podíamos deixar escapar. O engraçado é que o primeiro cheque nos enviaram tinha sido no exacto valor que lá tínhamos deixado quando compramos o summier e o colchão, cerca de 200 euros. Claro que no dia seguinte enviaram logo um sms a dizer que tinha havido um erro, e reduziram o valor para...11 euros. LOL De qualquer das formas havia que aproveitar e podiamos aproveitar o dinheiro para comprar algumas coisas que nos faziam falta: os topos para os candeeiros, um cesto para colocar os chapéus de chuva e os candeeiros para as casas de banho. Cestos para colocar os chapéus de chuva não vimos; os abat jours para os candeeiros não havia rectangulares nem nas medidas que precisamos. (Alguém me sabe dizer onde poderei arranjar?) Assim acabamos por comprar os candeeiros para as casas de banho. Da diferença acabamos por pagar apenas 3 euros. Mais uma coisa para a nossa casinha, mais um passo para isto ir ficando cada vez mais habitável.

Seguimos então para Almodôvar onde havia o IV Mercado Medieval. Nós gostamos imenso de ir a tudo o que seja feiras medievais, dias medievais, etc. Já passamos pelas de Castro Marim, Silves, Lagos, Vila do Bispo e Póvoa de Lanhoso.

Chegamos a Almodôvar à hora do almoço. Fizemos um piquenique fantástico. Já havia séculos que não fazia um piquenique assim. Fomos então para a feira. Estava um calor de morrer. Sentamo-nos na praça à sombra e não nos levantamos mais. Claro que vimos a feira quando chegamos mas depois estava-se ali tão bem... hehehe Vimos a Arruada e alguns espectáculos. Às 17h00 resolvemos voltar para casa. Fizemos um jantarinho rápido cá em cima. Foi giro.

No Sábado foi dia de trabalho para o Filipe e para mim, que fui trabalhar uma horita.

Hoje, vamos de tarde a casa dos meus pais. A minha mãe arranjou-nos um sofá para a nossa sala. É melhor que nada.

Espero que tenham tido um bom fim de semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)


por Vânia, em 18.04.08

Teste sobre a nossa casinha


MISS TREND

You've got your finger on the pulse, and that's how you like your home to be, too: cool and modern (if a little rough around the edges). Although people can - and do - spend a fortune getting the bachelor (or bachelorette) pad look just right, it can be quite easily achieved on a modest budget.

Living Room

Playboy, gent, aesthete - your living room is a shrine to bachelorism. The masculine look finds its apogee in the bachelor pad, and at the heart of every bachelor pad is the living space, with its sharp lines and a hedonistic approach to life that's all about having fun and very little to do with mundane chores. This is the lifestyle of a Gatsby or a 007, and the fact that both are fictional characters says it all: this look is about illusion and seduction and a dash of hustler chutzpah. This is a look that can't take clutter, but carefully chosen accessories can hint at tribal allegiances and esoteric interests. Neutral wall colours provide a calm, easy background, while retro prints and patterns add instant style. Make comfort the priority in your living room: it's where you naturally go to watch TV, relax and de-stress.

Bedroom

Your bedroom has that classic look that never goes out of style. Sleep is fundamentally important to our well being. In busy towns and cities, noise can often hamper a good night's sleep. Soft furnishings really do absorb sound, and touch is such an important sense in the bedroom, from crisp, linen sheets to wool or even sheepskin underfoot. Elegance and relative simplicity are keynotes in your bedroom, using classic, neutral colours and textures to create an oasis of calm.

Dining Room

You're a fuss-free entertainer, using good, honest ingredients. At home, natural, earthy colours and textures make dining a sensual occasion that connects the food on the plate back to nature. Eating is not just a basic need but a feast for the senses, and your sensitivity to light, colour, material and texture adds warmth to any environment. With a keen eye for the vernacular, you'll know that furniture and accessories need not have a designer label to give them real value. Indeed, English slipware, for example, has an intimate connection both with the past and with the simple pleasures of good, honest, no-nonsense food. When it comes to entertaining, you like quite simple (some might say 'peasant') food with big, robust flavours.

Home Office

You have a place for everything and everything has its place. These days, almost all of us have a home office: a desk and a chair in one corner of the living room with adjustable task lighting and adequate filing is all it takes (and might be all the space you can afford). The modernist adage that form should follow function is nowhere better demonstrated than in the home office: keep things simple and add your own sense of style by using a splash of colour or a single, well-chosen decorative piece.

 

____________________________________________________________________

 

Encontrei este teste. Pareceu-me engraçado por ser sobre a casa... Ainda nao o li para dizer se concordo ou nao. LOLOL

Autoria e outros dados (tags, etc)


por Vânia, em 18.04.08

Olh'ó Caracol!

SE FOSSE UM PETISCO DE COMER À BEIRA MAR, QUAL SERIA?
Você é uma dose de Caracóis:
Você é uma pessoa que não dá espaço ao meio termo: é  amado por uns odiado por outros. Isto não o preocupa - quem está está, quem não está estivesse.
teste retirado do site da rádio Comercial

 

Ora aqui está finalmente um teste que eu acho que se aplica a mim. Aliás quem me conhece sabe que eu digo isto muitas vezes. Só interessa quem está. Quem não está, estivesse. EHEHEHE

Alguém quer um caracolinho?

Autoria e outros dados (tags, etc)


por Vânia, em 18.04.08

Convencida? Eu?!!

Autoria e outros dados (tags, etc)


por Vânia, em 18.04.08

Excerto

«Os casais, mesmo os que permanecem unidos, vivenciam crises que tudo põem em causa, por vezes mentem e, pelo menos uma vez no decurso da sua vida, equacionaram a ruptura. O diálogo é importante, mas dizer tudo o que fantasiamos, sonhamos ou desejamos pode conter a frase que mata a relação: nem sempre pensamos o que o outro deseja, nem desejamos aquilo que ele pensa. Seria bom que nos conseguíssemos sempre ouvir com respeito, mas às vezes a dissimulação ou o descontrolo tomam conta de nós e tudo de desmorona.»

in Lavrar o Mar, Daniel Sampaio, Caminho, Lisboa, 2006, pág. 120

_____________________________________

Li este bocadinho de texto hoje à hora do almoço e achei que era merecedora de ser colocada aqui num momento de reflexão...

Autoria e outros dados (tags, etc)


por Vânia, em 18.04.08

Que coisa meiga é você?


Que coisa meiga você é?

 

Vi este teste no blog da Patrícia e achei piada... acabei por ter o mesmo resultado que ela...

HEHEHE... Coisas de quem tá no trabalho e não tem nada para fazer.

PS) Paula, não consigo outra vez ir "comer leite com bolachas" e deixar comentários... Snif...

Autoria e outros dados (tags, etc)


por Vânia, em 14.04.08

Grupo de Amigos

 

O Monstro das Bolachas

 

A Ursa Teresa

 

Pocoyo

Pinóquio

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


por Vânia, em 14.04.08

Estou a ler: «Lavrar o Mar»

Comprei no Domingo passado o livro " Lavrar o Mar", de Daniel Sampaio em colaboração com Eulália Barros, no Continente por 10€ (estava com 30% de desconto).

 

 

 

 

 

«Doze anos depois da publicação do seu conhecido livro Inventem-se novos pais, Daniel Sampaio actualiza as questões do relacionamento entre pais e filhos adolescentes. Lavrar o mar propõe um novo olhar sobre o quotidiano das famílias: é tempo de responsabilizar os jovens pelos seus comportamentos, é o momento para deixarmos de os considerar imaturos a quem não podemos pedir contas. Nesta obra, salienta-se a decisiva importância de uma infância organizada à volta do amor e da disciplina, como garante de uma adolescência saudável; estimulam-se novas formas de diálogo entre pais e filhos, sem esquecer que a decisiva palavra tem de caber aos mais velhos; e são dados numerosos exemplos de possíveis conflitos quotidianos como os horários, os dinheiros, os prémios e os castigos, a Internet, o sexo, o álcool e as drogas.

Em correspondência com Eulália Barros, o tema da escola é revisitado e são apontadas novas linhas de reflexão sobre o ensino e a aprendizagem.

Escrito de forma clara e acessível, mas sedimentado numa vasta experiência do autor no trabalho com adolescentes, Lavrar o Mar é uma obra indispensável a pais e educadores e um oportuno momento de reflexão para os mais jovens.»

 

Beijocas e boas leituras

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


por Vânia, em 12.04.08

Camping

Em conversa sobre as opções para umas férias diferentes em Setembro, perguntamo-nos " e porque não acampar?!" Cada um de nós acampou apenas uma vez, mas a ideia de ir acampar novamente é muito apelativa. Começamos a procurar sites de parques de campismo e descobrimos alguns. Não queríamos ir para muito longe e as opções rapidamente ficaram reduzidas: Algarve, Baixo Alentejo e Espanha (Andaluzia). Comparamos preços, condições, etc e acho que já decidimos. Vocês costumam ir acampar? E costumam ir para onde?

Aproveitei e fui logo cuscar o site da Decathlon á procura de preços para o material, visto que não temos nada e teremos que comprar. Vimos alguns sites com algumas dicas sobre o que levar. Vamos lá ver. Eu só de pensar no que nos vamos esquecer começo a logo a rir-me. Acho que já estou mesmo a ver o filme. De qualquer das formas, pelo que vimos do material tudo o que precisamos ficará à volta de 50/60 euros. E isto inclui a tenda, os colchões, 1 saco de cama (ja temos um), fogão da camping gaz, e um conjunto de prato/tacho/talheres/copos para acampar. Acho que não me estou a esquecer de nada.

Confesso que estou muito entusiasmada. Este Verão vai ser o primeiro em algum tempo em que vou ter férias verdadeiramente ditas. Em Julho vou ter duas semanas, uma no ínicio e outra no fim. Na primeira vou ficar por casa, vamos ter visitas, e vai ser basicamente praia, praia, praia, praia. HEHEHE Na segunda semana de férias, que é na mesma altura que as do Filipe, devemos ir até ao Norte. Depois, na primeira semana de Setembro lá vamos nós... camping. Se correr tudo bem até lá e não surgirem imprevistos nenhuns.

Eu sei que ainda falta muito, mas não resisto a pensar já nas férias. Acho que já estou a viver para as férias. hehehe Como se tudo o que faço ou penso fosse já a prepara-las.

Andamos há uns tempos a querer dar uma novidade por aqui, mas as coisas têm-se atrasado e népia... Deverá estar por dias. Esperamos nós. 

*Beijinhos*

PS) Estão a vontade para dar dicas, conselhos e informações sobre acampar. Nós aceitamos. HEHEHE

PS2) Esqueci-me de referir que é fim-de-semana e nós estamos os dois a trabalhar. É triste. Como diz um amigo nosso... "há vidas mais baratas mas não prestam".

Autoria e outros dados (tags, etc)


por Vânia, em 09.04.08

Arrumações

De há uns dias para cá temos andado na secção (hmm... ou será seção, pelo novo acordo?!) da arrumação cá em casa. Há uns dias, o Filipe trouxe da loja uma sapateira. Já andavamos fartos de andar aos pontapés com os sapatos. Finalmente estão todos arrumadinhos. Ontem foram colocar finalmente o estrado elevatório na nossa cama. Da outra vez tinha havido um problema com o estrado e só agora foram arranjar. Os senhores dos móveis têm sido fantásticos. Não temos nada a dizer. Aproveitaram e deram uns toques nos tic-tac das gavetas. Moral da história: Quando cheguei a casa andei a arrumar as coisas por baixo da cama, o que me libertou imenso espaço nos roupeiros dos outros dois quartos. Ah fantástico! hehehe

O Filipe também trouxe umas caixas para arrumação. As coisas começam a ficar arrumadinhas.

Quero ver se adianto as coisitas cá por casa. Há algumas coisas que quero comprar em breve. As mesas de cabeceira para o quarto das visitas e as cortinas para os outros dois quartos e para a sala. Só tenho que convencer o gajo lá de casa... hehehe

No fim de semana tivemos visitas em casa. Um casal amigo e os filhos. Foi giro. O tempo esteve mais ou menos e no Domingo demos um pulinho à praia. Acabei por ficar com a marca do bikini. Yupiii! hehehe Passeamos um bocado e sempre deu para espairecer.

Preciso de férias...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



Mais sobre mim


Arquivo

  1. 2013
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2012
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ
  27. 2011
  28. JAN
  29. FEV
  30. MAR
  31. ABR
  32. MAI
  33. JUN
  34. JUL
  35. AGO
  36. SET
  37. OUT
  38. NOV
  39. DEZ
  40. 2010
  41. JAN
  42. FEV
  43. MAR
  44. ABR
  45. MAI
  46. JUN
  47. JUL
  48. AGO
  49. SET
  50. OUT
  51. NOV
  52. DEZ
  53. 2009
  54. JAN
  55. FEV
  56. MAR
  57. ABR
  58. MAI
  59. JUN
  60. JUL
  61. AGO
  62. SET
  63. OUT
  64. NOV
  65. DEZ
  66. 2008
  67. JAN
  68. FEV
  69. MAR
  70. ABR
  71. MAI
  72. JUN
  73. JUL
  74. AGO
  75. SET
  76. OUT
  77. NOV
  78. DEZ
  79. 2007
  80. JAN
  81. FEV
  82. MAR
  83. ABR
  84. MAI
  85. JUN
  86. JUL
  87. AGO
  88. SET
  89. OUT
  90. NOV
  91. DEZ


subscrever feeds