Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




por Vânia, em 28.09.08

Sobre as reacções...

Ainda não tinha escrito aqui nada sobre as reacções da família e amigos, porque confesso tem-me custado um bocadinho a engolir algumas coisas.

 

Os primeiros a saber foram os padrinhos do bebé. Amigos do coração, que nos acompanham há pouco tempo, mas que sentimos como se sempre assim tivesse sido. A alegria deles foi algo que me encheu o coração e as suas preocupações e cuidados significaram e significam muito mais do que aquilo que se calhar eles pensaram. Obrigada por tudo, e cada vez mais sabemos que vocês são a escolha certa...

 

No dia em que fiquei a saber contei também a duas amigas chegadas. Ficaram histéricas... hehehe Foi até motivo de colocar a conversa em dia. Foram umas queridas.

 

A família do Filipe ficou a saber ainda durante a nossa semana de férias. Era a nossa oportunidade de lhes contar ao vivo. Ficaram contentes e até festejamos com bolo e champanhe. Confesso que não esperava esta reacção. O meu sogro disse logo que nascia no dia dos anos dele e a minha sogra em vista da minha constante soneira afirmou logo que "vai ser rapariga".

 

Para dar a noticia aos meus pais, confesso que adiei... e adiei. E resolvi só contar após primeira consulta. Sabia que a minha mãe ia ficar em choque, e preferia poder dizer-lhe que estava tudo a correr bem. Engane-se quem pensou que dar a notícia foi uma alegria, porque não foi. Não houve beijinhos, nem parabéns... A minha mãe ficou tão perturbada que nem falamos mais sobre isso nessa noite e acabei por nem contar ao meu pai. Depois disso... não se voltou a tocar no assunto. Confesso que tenho pena. Vou pensando que quando ela se adaptar à ideia vai reagir de outra forma. Sabia que para a minha mãe não ia ser fácil. Ela dizia há já algum tempo que ainda era nova para ser avó e que ainda era cedo e tal. As pessoas iam-lhe dizendo que não era cedo, que seria quando nós quisessemos e que ela não teria outro remédio.

 

O resto da família ainda não sabe, tirando um primo muito chegado. E também já contei a uma amiga de infância - quase família - que não me perdoava se eu nao lhe dissesse. Ao resto da família, vou esperar para dizer. Provavelmente pelas tais 12 semanas.

 

Obrigada a todas pelo vosso apoio. Vocês têm sido 5 estrelas: Inês, Isália, Patrícia... Obg. Guiga... obrigada também.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

De Paula a 29.09.2008 às 14:04

Deixa lá! Não podemos deixar de viver a nossa vida, só porque os outrso querem adiar a deles.
Por mais chegados que sejam e por mais que nos custe.
E acredita, que não digo isto só por dizer. Digo com conhecimento de causa.
O mais importante, é a vossa felicidade!
:)
Bjs!

De Sandrina a 29.09.2008 às 14:37

Amiga...
a vida é tão curta que o melhor mesmo é fazermos o que nos apetece...
a vida é vossa...a responsabilidade é vossa...os outros (mesmo em relação à família mais chegada) que fechem os olhos se não gostarem...
Vocês estão felizes...o resto é paisagem...
Beijinhos grandes

De Family Space a 30.09.2008 às 05:37

Olá futura mamã. E com o maior dos prazeres que informamos que está no Top Barritas Family Space (http://barritas-familyspace.blogspot.com) que pertence ao http://family--space.blogspot.com... Desejamos uma gravidez cheia de saude e bem-estar e que corra tudo bem... Muitos parabéns... Atentamente, admin do Family Space. Ps - Se não quiser fazer parte peço que envie um email para a administração... Obrigado

De guiga a 30.09.2008 às 15:54

Eu é que agradeço por poder seguir esta vossa vida! Que, em certas coisas é semelhante à minha, Norte e Sul unidos! lol

Quanto à reacção da tua mãe... Faz-me imensa confusão quando as pessoas dizem que são novas demais para serem avós! Mas enfim... Maneiras de encarar a vida!
Não te deixes abalar e sê feliz!

Beijos *.*

De pensamentosdecao a 01.10.2008 às 20:01

Vais ver que essa reacção da tua mãe é só agora. Quando olhar para a neta sim!Vai ser menina!) essa ideia de que é nova para ser avó passa-lhe logo e vai-se derreter toda com a bebé. Tenho uma amiga que teve exactamente a mesma reacção que a tua mãe quando soube que a filha estava grávida. Nem lhe podíamos falar na gravidez ou chamá-la de vovó que abespinhava-se toda e agora não larga a neta. Assim que a menina nasceu foi a loucura total. Descansa, tem uma gravidez tranquila e a titia Inês está por aqui para dar apoio! P.S.: agora quando te encontrar não te posso abanar muito, pois não ?! :p

De patricia a 01.10.2008 às 22:04

Linda, não tens de quê! O pessoal não se fala muito, mas estamos sempre cá para o que der e vier! Isso é certo!
Não sei porquê mas a minha mãe também já me veio dizer que ainda se acha muito nova para ser avó. É certo que já pensei nisso, mas depois começo logo a pensar em adiar. Se calhar mais tarde... então já temos mais ou menos uma data definida para começarmos a pensar sobre o assunto e digeri-lo.

bjs

Comentar post



Mais sobre mim


Arquivo

  1. 2013
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2012
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ
  27. 2011
  28. JAN
  29. FEV
  30. MAR
  31. ABR
  32. MAI
  33. JUN
  34. JUL
  35. AGO
  36. SET
  37. OUT
  38. NOV
  39. DEZ
  40. 2010
  41. JAN
  42. FEV
  43. MAR
  44. ABR
  45. MAI
  46. JUN
  47. JUL
  48. AGO
  49. SET
  50. OUT
  51. NOV
  52. DEZ
  53. 2009
  54. JAN
  55. FEV
  56. MAR
  57. ABR
  58. MAI
  59. JUN
  60. JUL
  61. AGO
  62. SET
  63. OUT
  64. NOV
  65. DEZ
  66. 2008
  67. JAN
  68. FEV
  69. MAR
  70. ABR
  71. MAI
  72. JUN
  73. JUL
  74. AGO
  75. SET
  76. OUT
  77. NOV
  78. DEZ
  79. 2007
  80. JAN
  81. FEV
  82. MAR
  83. ABR
  84. MAI
  85. JUN
  86. JUL
  87. AGO
  88. SET
  89. OUT
  90. NOV
  91. DEZ