Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




por Vânia, em 03.04.09

Untitled

Ontem foi dia de curso.

Uma aula inteiramente dedicada a como dar banho ao bebé. Gostava de dizer que achei útil, talvez, em parte, mas fiquei com a sensação de que foi quase para "encher chouriços". Provavelmente para outros a aula terá sido boa e terão aprendido uma tonelada de coisas novas. Talvez o meu problema seja ler de mais. Talvez o meu problema tenha sido já ter lido tudo aquilo que dizem lá no curso.

Ontem foi instrutivo na parte em recorrendo a um boneco, uma grávida do grupo foi dizendo o que fazia e a fisioterapeuta foi dizendo o que estava mal e perguntando se concordávamos ou não. Preferia que houvesse mais participação da nossa parte, mas parece que participação só se eu trouxer de casa da minha mãe um Nenuco e ir treinar na banheira.

A minha comadre diz que muitas das coisas que eu tenho estado a aprender no curso são intuitivas e até certa parte óbvias. Provavelmente sim. Não sei se o óbvio será assim tão óbvio na altura mas também não sei se me lembrarei de metade das ninharias pequenas que nos ensinam no curso. A fisioterapeuta diz que acima de tudo há ser prático e, basicamente, fazer como nos der jeito. Ontem se eu fosse pai teria dado por muito mal gasto o dinheiro do curso. Acho que o marido da grávida que esteve a servir de exemplo sentiu isso mesmo e perguntou pela participação do pai na altura do banho. Basicamente a fisioterapeuta revelou-se adepta do ser uma mãe "independente" e defensora da ideia do não ser uma "atada" e precisar do pai. Fez-me confusão esta ideia. O pai ficou portanto sentado na cadeira como todos nós e pronto.

Comentei com o Filipe se esta seria a diferença de preços entre os cursos de 90 euros (o nosso), os de 150€ ou os de 300€. Ele é da opinião que não. Um ex-colega pagou 300 mocas e também ficou sentado e a única diferença com o nosso curso foi que a senhora pos as mamas de fora para mostrar como fazia a amamentação.

 

Já comentei que esperava que o curso fosse diferente, mas aparentemente eu sou a esquisitinha porque tanto o Filipe como a minha comadre não entendem o que eu quero dizer. Essencialmente pensei que íamos ter direito a outro tipo de acompanhamento individual mas afinal parecemos porcos a ser preparados para a matança sem qualquer tipo de distinção. Temos aulas numa sala de aula ou no salão nobre dos Bombeiros. Não era mesmo essa a minha ideia. Claro que acho que pagar mais do que 100€ por um curso destes é um exagero mas a verdade é que também não acho que o meu valha os 90 que paguei.

 

Eu sei. Existem vários argumentos. Antigamente não havia este tipo de cursos e pessoal desenrascava-se à mesma. Havia as mães, as avós, as sogras, as vizinhas. Hoje também. Bem, talvez hoje não existam as vizinhas.  O curso é bom, ensina. Pois. Ou é apenas uma forma de explorar monetariamente a insegurança dos pais? Claro que as "fórmulas" mudam com o passar dos anos. De forma assustadora até. Usa gretalvite, já não usa. Dormir de barriga para baixo, não, dormir de barriga para cima inclinado com um ângulo de não sei quantos graus. Células estaminais? Meus Deus, que tipo de pais seremos nós se não o fizermos? Não se dá colo porque fica mal habituado mudou para o bebé preciso de sentir calor humano. Alcool a 70º já não usa (apesar de ainda surgir em livros e revistas da especialidade).Tanta coisa.

As coisas mudam. Efectivamente. Ser pai/mãe é uma profissão sempre em actualização se não se quer ser rotulado ou auto-rotular-se de desnaturado. Desnaturado para mim faz-me pensar no "cada um faz o que pode"... Não existem pais perfeitos. Ninguém é perfeito. É a lei do desenrasca. 

Esta situação não deixa de ser um pouco assustadora. Não há receitas. Os putos não nascem todos iguais, com um feitiozinho maravilhoso, uns come-caga-dorme. Há os chora-chora-chora-come-dorme pouco-chora-chora. Depois há a pressão para ser perfeito, para fazer tudo bem. Ficaste com gretas? Alguma coisa fizeste mal. Tá assado? Fizeste mal. Tem cólicas? Fizeste mal. Mas no entanto é importante desenrascar... Basicamente... Não há receitas, ninguém sabe ao certo o que fazer porque com aquele resultou mas com este pode não resultar. 

 

Essencialmente a resposta a tudo isto parece-me um nadinha óbvia. Queremos os cursos porque queremos ser os pais perfeitos. E queremos ser os pais perfeitos porque vamos ter o nosso filho e queremos que tudo seja perfeito. Porque somos perfeccionistas. Porque não queremos errar. Porque é o nosso filho... principalmente porque é o nosso filho. 

 

[Ainda bem que o curso é só na próxima terça-feira. Nota-se a minha animação em ir a uma próxima aula, apesar de ontem as abéculas não terem aparecido e, portanto, ter havido silêncio.]  

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

De guiga a 03.04.2009 às 16:21

MAs o mais engraçado é que, com tantos cursos, com tanta informação, com tanta necessidade de perfeição, não me parece que haja melhor educação, melhores cuidados, do que há uns anos atrás... Mas enfim, são opiniões!
ânimo! pelo menos pela tua princesa! :D
Beijocas *.*

De carol a 03.04.2009 às 20:17

Só te posso dizer que gostei da franqueza... que penso IGUAL!

Agora imagina eu... que fui mãe há 13 anos... e volto a ser agora... que usei gretalvite... fervi biberons (qual esterilizador!)... não usei intercomunicador... dáva-lhe água enquanto a amamentava... cada mamada era metade em cada mama... e tantas outras coisas que vejo a minha irmã fazer diferente ao meu sobrinho de 6 meses!!!

Beijos de outra mãe... na mesma viagem!

De sandrina a 04.04.2009 às 11:41

Tu e o Filipe estão a iniciar uma viagem para a qual não existe manual de instruções...

Por mais difícil que pareça, tudo se faz...

Ninguém é perfeito e acho que não deve ser isso o objectivo final.

Quem é que quer um filho perfeito afinal...Deve ser uma seca.. lol
Beijos aos 2

Comentar post



Mais sobre mim


Arquivo

  1. 2013
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2012
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ
  27. 2011
  28. JAN
  29. FEV
  30. MAR
  31. ABR
  32. MAI
  33. JUN
  34. JUL
  35. AGO
  36. SET
  37. OUT
  38. NOV
  39. DEZ
  40. 2010
  41. JAN
  42. FEV
  43. MAR
  44. ABR
  45. MAI
  46. JUN
  47. JUL
  48. AGO
  49. SET
  50. OUT
  51. NOV
  52. DEZ
  53. 2009
  54. JAN
  55. FEV
  56. MAR
  57. ABR
  58. MAI
  59. JUN
  60. JUL
  61. AGO
  62. SET
  63. OUT
  64. NOV
  65. DEZ
  66. 2008
  67. JAN
  68. FEV
  69. MAR
  70. ABR
  71. MAI
  72. JUN
  73. JUL
  74. AGO
  75. SET
  76. OUT
  77. NOV
  78. DEZ
  79. 2007
  80. JAN
  81. FEV
  82. MAR
  83. ABR
  84. MAI
  85. JUN
  86. JUL
  87. AGO
  88. SET
  89. OUT
  90. NOV
  91. DEZ