Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




por Vânia, em 30.09.09

Não passamos fome em Macau

Ontem (a trabalho) fomos (eu, o Filipe e a Teresa) a um jantar inserido nas Semanas Gastronómicas de Macau, na Pousada do Infante em Sagres. A minha experiência com comida macaense era muito reduzida e a do Filipe era nula. A curiosidade era muita mas havia também algum receio porque eu tinha ouvido dizer que em Tavira a experiência não tinha sido muito boa.

 

À chegada houve um cocktail. Uma variedade infindável de tostas - o Filipe acho que as provou a todas - mas eu provei apenas algumas. Estavam deliciosasssss. E a vista??? Ai Deus, porque não me sai o Euromilhões? Estava uma noite impecável, o que em Sagres é raro. Só apetecia estar na rua, na esplanada.

 

Antes do início do jantar  - as entradas - houve uma apresentação pelo Turismo de Macau. Pelos que vimos, além de acharmos Macau em si um projecto megalómano, houve claro algumas coisas de que gostamos muito. Temos relativamente a Macau a mesma curiosidade que temos relativamente a Goa: a relação com Portugal e a mistura entre as duas culturas.

 

Relativamente à comida: Meus Deus... tanta comida! Relativamente às entradas tiramos uma de cada - como fez praticamente toda a gente - para provar um pouco de tudo. Assim que me lembre tirei tosta de camarão, camarão, casquinha, pãozinho macaense... e outras coisas que agora não me lembro o nome. Não gostei muito do pãozinho e a casquinha era uma coisa super potente a nível do picante. Nem consegui comer! Logo eu que adoro picante (mas não tanto). Havia sopa (mas não me lembro do nome) e depois os pratos principais. Alguns muito parecidos com o nosso cozido à portuguesa o "arroz gordo". Eu comi Minchi (carne moída e batatas fritas). Já estava tão cheia que nem apreciei como devia ser. As sobremesas eram batatata... que era muuuuuuito bom, gelatina de café  e outras coisas que não fixei o nome.

 

Adorei o jantar. Não ficamos com fome, muito pelo contrário. Não foi nenhum barrete como são alguns destes jantares mais chiques. A companhia da nossa mesa também foi muito agradável. A iniciativa era muito virada para as agências de viagens e toda a gente na nossa mesa era muito viajada. A conversa foi muito agradável. A Teresa adormeceu durante a apresentação da iniciativa e só acordou às 4 da manhã para comer. Impecável. Hehehe

 

Ah! E ainda ganhamos uns brindes promocionais muito porreiros! Uns pauzinhos, iman, porta-chaves, livros sobre Macau, a gastronomia, o património, etc...

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim


Arquivo

  1. 2013
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2012
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ
  27. 2011
  28. JAN
  29. FEV
  30. MAR
  31. ABR
  32. MAI
  33. JUN
  34. JUL
  35. AGO
  36. SET
  37. OUT
  38. NOV
  39. DEZ
  40. 2010
  41. JAN
  42. FEV
  43. MAR
  44. ABR
  45. MAI
  46. JUN
  47. JUL
  48. AGO
  49. SET
  50. OUT
  51. NOV
  52. DEZ
  53. 2009
  54. JAN
  55. FEV
  56. MAR
  57. ABR
  58. MAI
  59. JUN
  60. JUL
  61. AGO
  62. SET
  63. OUT
  64. NOV
  65. DEZ
  66. 2008
  67. JAN
  68. FEV
  69. MAR
  70. ABR
  71. MAI
  72. JUN
  73. JUL
  74. AGO
  75. SET
  76. OUT
  77. NOV
  78. DEZ
  79. 2007
  80. JAN
  81. FEV
  82. MAR
  83. ABR
  84. MAI
  85. JUN
  86. JUL
  87. AGO
  88. SET
  89. OUT
  90. NOV
  91. DEZ